Revista Online Psicologia Corporal – Vol. 08 – Ano 2007

Registro de ISSN = 15160688
Organizadores:
José Henrique Volpi e Sandra Mara Volpi

Se deseja publicar seu artigo, veja aqui:
◊ Orientações para elaborar seu artigo >> Baixe Aqui o Artigo <<
◊ Formulário para digitar seu artigo >> Baixe Aqui o Formulário

Os artigos são de responsabilidade exclusiva de seus autores, não expressando necessariamente a opinião dos editores. Todos os artigos fazem parte da Revista Online Psicologia Corporal.
Para ler os artigos, é necessário ter instalado em seu computador um leitor de PDF. Se você não tiver o programa instalado em seu computador, pode fazer o download clicando no endereço:
http://www.baixaki.com.br/site/dwnld71431.htm

Sobre a arte de respirar bem

Autor(es): 
ELIAS, Marcos Elias (Mahamuni das)
RESUMO: O presente artigo versa sobre a arte de respirar. Movimento sutil, delicado, muitas vezes despercebido, a respiração é um dos nossos atos mais vitais. Ela acompanha-nos desde o nosso primeiro momento de vida, e há de acompanhar-nos até o último. Por isso se trata de uma grande amiga, uma amiga especial, que em sábios sussurros, é capaz de dizer-nos tudo acerca de nós mesmos. Sabendo ouvi-la bem, eis que também nós podemos nos tornar sábios.
Palavras Chaves: Corpo. Emoção. Respiração.

Vivenciando as etapas do desenvolvimento emocional e mapeando as emoções no corpo humano

Autor(es): 
VOLPI, José Henrique; VOLPI, Sandra Mara
RESUMO: O corpo humano é permeável às impressões físicas e psicológicas. É o receptáculo de experiências diárias que vai se moldando de acordo com o que é emocionalmente vivido ao longo da história de uma pessoa. O corpo sente, aprende, se disciplina, se condiciona, deprime, cresce, se expande, se contrai e morre. Possui uma energia própria, que pode ser alta (hiperorgonótica), baixa (hipoorgonótica) ou normal (orgonótica).
Palavras Chaves: Corpo. Emoção. Energia. Etapas do Desenvolvimento.


Pulsão de Morte: Convergências e Divergências entre Sigmund Freud e Wilhelm Reich

Autor(es):
ALMEIDA, Bruno Henrique Prates
RESUMO: Enfocamos na parte inicial deste trabalho, alguns fundamentos da teoria psicanalítica, objetivando demonstrar o caminho trilhado por Freud até a apresentação de sua hipótese da pulsão de morte. Para tanto, faz-se necessária a abordagem e explicitação, mesmo que sucinta, de alguns termos psicanalíticos como “pulsão”, “princípio do prazer” e “princípio da realidade”. Num segundo momento, estaremos expondo os questionamentos e investigações realizadas por Wilhelm Reich a respeito da existência inata da pulsão de morte. Porém, mesmo sendo também psicanalista, aluno e seguidor de Freud, foi “expulso” da IPA (International Psychoanalytic Association) em 1934, por questões ideológicas (sócio-políticas), continuando seus estudos a partir da psicanálise. É importante ressaltar que ocorreu uma ruptura entre Reich e a instituição, mas de certa forma, isso não resultou na ruptura total com a teoria psicanalítica.
Palavras-chave: Freud. Psicanálise. Pulsão de Morte. Reich.

Abrir Chat
Atendimento remoto. Deixe sua mensagem.
Telefone comercial de atendimento remoto. Se deseja informações sobre cursos ou terapia, vai encontrar todos os detalhes no site www.centroreichiano.com.br.
Se após ler as informações ainda tiver dúvidas, registre aqui sua mensagem que assim que possível, ao longo do dia estaremos respondendo.
Att. Centro Reichiano