Revista Online Psicologia Corporal – Vol. 04 – Ano 2003

Registro de ISSN = 15160688
Organizadores:
José Henrique Volpi e Sandra Mara Volpi

Se deseja publicar seu artigo, veja aqui:
◊ Orientações para elaborar seu artigo >> Baixe Aqui o Artigo <<
◊ Formulário para digitar seu artigo >> Baixe Aqui o Formulário

Os artigos são de responsabilidade exclusiva de seus autores, não expressando necessariamente a opinião dos editores. Todos os artigos fazem parte da Revista Online Psicologia Corporal.
Para ler os artigos, é necessário ter instalado em seu computador um leitor de PDF. Se você não tiver o programa instalado em seu computador, pode fazer o download clicando no endereço:
http://www.baixaki.com.br/site/dwnld71431.htm

Os olhos que vêem podem não ser os mesmos que enxergam

Autor(es):
VOLPI, José Henrique
RESUMO: As dificuldades visuais são anomalias provocadas por erros de refração dos raios luminosos que se projetam na retina. Um olho terá visão normal quando o mecanismo de convergência e acomodação for feito com pouco esforço. Caso isso não ocorra, teremos erros de refração dos raios luminosos e, conseqüentemente, os defeitos visuais conhecidos por astigmatismo, miopia, hipermetropia e presbiopia. Que atitude dos pais e dos cuidadores pode ser considerada uma das mais preciosas para o desenvolvimento saudável da vida emocional de uma criança? Em linhas gerais, pode-se resumir em: permitir à criança ser, nada mais, nada menos que criança, e por sê-lo, deixá-la brincar.
Palavras-chave: Desenvolvimento. Olhos. Reich.

Primeiros passos para a construção de um acumulador de orgone

Autor(es):
VOLPI, José Henrique
RESUMO: Após anos de pesquisa, Reich concluiu que a energia do organismo (biológica) e a energia da atmosfera (cósmica) fazem parte de uma mesma energia, a energia da vida, a força criativa fundamental. E é essa energia, chamada por Reich de energia orgônica, que fica bloqueada no corpo, na couraça muscular. A energia orgônica pode facilmente penetrar todas as formas de matéria, em diferentes níveis de velocidade e concentração, carrega e se irradia de todas as substâncias vivas e não-vivas, pode também existir de forma livre na atmosfera e no vácuo. É excitável, pulsátil, capaz de se contrair e expandir e pode ser concentrada. É atraída pela matéria viva, orgânica (algodão, lã, bucha vegetal…) que a absorve e armazena ao passo que toda matéria inorgânica (aço) a expele.
Palavras-chave: Acumulador de Orgônio. Energia. Reich.


A compreensão da formação do caráter como ferramenta auxiliar na capacitação de docentes em Educação Ambiental

Autor(es):
VOLPI, José Henrique
RESUMO: Cada vez mais nos deparamos com um crescimento econômico desequilibrado e injusto e uma acelerada expansão urbana, que somadas à destruição do ambiente natural colocam a humanidade frente a grandes problemas irreversíveis ou que exijam soluções imediatas. O comportamento destrutivo do homem, a necessidade do acúmulo de capital e a negligência com que lida com o meio ambiente, exige uma mudança de estilo de comportamento. A proposta desse artigo é oferecer subsídios sobre a compreensão da formação do caráter como ferramenta auxiliar na capacitação de docentes em educação ambiental.
Palavras-chave: Caráter. Educação Ambiental. Narcisista. Reich.

Psicopedagogia reichiana

Autor(es):
VOLPI, Sandra Mara
RESUMO: Ao observarmos um bebê em seus primeiros dias evidencia-se a nossos olhos que a vida é uma incessante construção, cujas bases começam a se formar no momento da concepção, estendendo- se por toda a vida intra-uterina. É sobre essa base e, a partir do impacto que nela causa o contato com o mundo cincundante, com a cultura, que vemos construir-se, dia após dia, um ser humano que será único. Não raro, ouvimos mulheres e homens afirmarem, do ponto de vista de seus papéis de mães e pais, que nunca um filho é igual ao outro. Nenhuma base é similar a qualquer outra; o que sobre ela se constrói depende de inúmeros fatores, desde a própria base até a escolha de cada um dos elementos que terão influência na construção.
Palavras-chave: Desenvolvimento. Psicopedagogia. Reich.


Uma visão reichiana sobre os jogos e sua validade enquanto instrumento psicoterapêutico

Autor(es):
VOLPI, Sandra Mara
RESUMO: O jogo é uma das atividades mais antigas da humanidade e também uma das mais primordiais na vida de um ser humano. Desde tempos imemoriais o homem, joga, e através do jogo, comunica-se desde a sua mais tenra infância.
Palavras-chave: Desenvolvimento. Jogos. Reich.

Abrir Chat
Atendimento remoto. Deixe sua mensagem.
Telefone comercial de atendimento remoto. Se deseja informações sobre cursos ou terapia, vai encontrar todos os detalhes no site www.centroreichiano.com.br.
Se após ler as informações ainda tiver dúvidas, registre aqui sua mensagem que assim que possível, ao longo do dia estaremos respondendo.
Att. Centro Reichiano